Skip to main content

As melhores fotos de 2005, segundo a Time

As 24 Melhores fotografias de 2005, numa selecção feita pela revista "Time".
Cada uma das imagens é acompanhada de um pequeno texto explicativo.
Se gostam de fotografia, vale a pena ver!

Comments

Hindy said…
Fotos muito expressivas mas infelizmente reveladores de catástrofes, mortes, guerras, miséria, etc...

Bj
Irritadinha said…
Impressionantes as fotos, especialmente na foto 5 o olhar daquela criança. Infelizmente estas fotos existem, sinal de que este mundo vai de mal a pior e tedência por enquanto não é para melhorar...
Carlos C said…
Mal está este mundo quando o melhor do foto-jornalismo são imagens do pior que se passa nele. Então e o foto-jornalismo positivo, que nos apresenta imagens diferentes, sem horror, tristeza ou choque ?
Miguel said…
O ano de 2005 retratado em fotografia ...!
E por sinal, nada positivo!

Bjks da Matilde
anjoedemonio said…
é este o mundo em que vivemos! são todas impressionantes, mas as de criançãs...!

um bom dia para ti!:)
bilhas said…
É mesmo o mundo que temos... muito bom site e excelentes fotos!

Confesso que quase todas me impressionaram mas gostava de destacar aqui a de uma pessoa que fez muito para tentar melhorar o mundo... João Paulo II
Bilhas said…
É verdade... vinha agradecer a visita! :) e quase que me esquecia!
Francis said…
uma imagem vale mais que mil palavras...
Rivera said…
Obrigado pela dica, vi as fotos e gostei muito e claro, aproveitei para votar na minha favorita, que é a do caixão a entrar para o avião com os passageiros a olhar pelas janelas.
Cruzeiro said…
Hindy e Carlos C,

Infelizmente a vida não é feita apenas com fotos de coisas belas, estas também existem e têm que ser reveladas, pelo menos para que não se faça de conta de que elas não existem...

Anjoedemonio,
As das crianças são sempre as que mais nos impressionam...
Igualmente para ti. :-)

Bilhas,
Um homem que fez tanto para tentar melhorar o mundo, e, que o seu sucessor não está à altura para manter...
Obrigada pela retribuição. ;-)

Francis,
Nem mais...

Rivera,
De nada. :-)
Dora said…
Cruzeiro: que fotos maravilhosas!
é pena é serem todas de desgraças!
Sapito said…
São fotos como estas que nos mostram os trambolhões que o mundo tem dado nos últimos anos!
Bigada pela dica! :)
Carlos C said…
Cruzeiro
Expliquei-me mal.
O Foto-jornalismo tem obrigação de revelar o que se passa à nossa volta, bom o mau, e é importante que estejamos atentos e informados sobre tudo o que passa no mundo, seja bom ou mau.
E a revista "Time" foca nos seus artigos e fotos essa pluralidade de pontos de vista e temas. Nesse ponto penso que não há duvidas e estamos todos de acordo.
O que eu não concordo com a "Time" é que se considere de todo o material publicado pela "Time" durante o ano "as melhores fotos de ..." essencialmente imagens choque, sofridas e tristes, horriveis no seu conteudo.
Para mim a distinção só faz sentido se for focalizada para a melhor foto e não para a melhor situação de desgraça/choque/sofrimento.
Joana said…
Que raio de mundo aquele em que vivemos... Fiquei mesmo desolada ao ver aquelas fotos...
Miudaaa said…
nem uma foto de alegria. nem uma foto de sorrisos. nem uma foto de esperança... pelo menos uma...
como trabalho profissional, excelente.
obrigada pelo site que como sempre descobres e partilhas.
... vou ver uma foto da tua patanisca... apetece-me!!!

um beijo da miudaaa (moixita)
Bilhas said…
Não sei se não estará à altura... confesso que não sei! Olha que hoje a ler um texto do Miguel Júdice e conhecendo eu alguns dos livros do ratzinger me interrogo se este não estará à altura, se bem que num estilo bem mais frio!
poeta_rural said…
para ser fotojornalista é mesmo preciso ter um grande estômago e muito sangre frio para aguentar muitos episódios. infelizmente é de fotos de tristeza que reza a história
RCataluna said…
Bela referência!
amazing said…
Obrigado MESMO pela partilha.
Fabuloso.
Se tivesse que esciolher umas não era capaz.
KISS
nelsonmateus said…
1 conjunto d fotos fabulosas, sim senhora. no entanto, continuo sem perceber pork razão é k são sempre akelas associadas as guerras, tristezas e outro tema semelhante a serem seleccionadas.

as coisas más existem e não podem ser omitidas, mas isso tbém se aplica as coisas boas.
Belzebu said…
Excelentes!! Têm tanto de belo como de perturbantes. Espelham o mundo á distancia de um simples click!

Obrigado!
Zig said…
É pena que tenha que ser sempre sobre desgraças. Por isso, votei na foto do funeral do Papa!
pisconight said…
Muito boas... mas fortes...
;)
de Matos said…
fantasticas mesmo. adorei :)

bjs e bom fim de semana
Cruzeiro said…
Nelson,
Pois eu acho exactamente o contrário, por norma são escolhidas as fotos que mostram que tudo é belo, que todo o mundo vive feliz e que as degraças não existem, desta vez não aconteceu assim...será que desta vez, e, por consequencia das desgraças existentes não havia outro tipo de fotos para mostrar?...
As pessoas teem que ser chamadas para a realidade, teem que ser confontadas e chocadas com fotos destas para ver se abrem os olhos!
nelsonmateus said…
na na na, nã concordo. as fotos k são sempre seleccinadas pinta o mundo sempre pelas suas cores mais negras, mas podemos sempre discutir isso d volta d 1 chavena d café, d chá ou msm d volta d 1 bohémia. ;)

ps: todos os anos é sempre igual (mais tragédia, menos tragédia) world press photo 2006 -> http://www.worldpressphoto.nl/index.php?option=com_photogallery&task=blogsection&id=16&Itemid=137&bandwidth=high
Cruzeiro said…
Nelson,
Por mim está combinado, pode ser café ou bhoémia, não sou grande fã de chá. ;-)

Popular posts from this blog

O Sexo e a capacidade oratória

Um estudo publicado na revista "New Scientist" revela que o sexo praticado antes de uma palestra ou discurso ajuda a aliviar a "tensão", aumentando as probabilidades de um bom desempenho em palco.

Durante duas semanas, 24 mulheres e 22 homens fizeram relatórios detalhados das suas actividades sexuais, e foram submetidos a testes, tiveram que falar em público e que efectuar cálculos matemáticos em voz alta.

Os resultados revelaram que as "cobaias" que tinham praticado sexo com penetração, antes do teste, apresentaram os menores níveis de stress.
Os que praticaram outro tipo de actos sexuais, como por exemplo a masturbação, apresentaram resultados menos animadores.
E os que não tinham praticado qualquer actividade sexual, exibiram os níveis de pressão sanguínea mais altos.

O investigador acredita que o efeito calmante esteja associado ao estimulo de uma grande variedade de nervos durante o acto sexual.

Estes resultados, levam-nos a compreender a razão porque é qu…

Aprender a ser prostituta

Com o objectivo de descrever as ocupações existentes no país, o governo brasileiro criou no site do Ministério do Trabalho e Emprego, um manual de como ser uma boa prostituta. No item 5198 é descrita passo-a-passo a actividade de prostituição, desde a abordagem ao cliente até a satisfação dele.

Este "manual" é de facto "muito pedagógico", já que os conselhos nele fornecidos, vão desde a forma de poupar e aplicar o dinheiro, até sugestões directas de como atender o cliente.

O manual está dividido em sete partes: conseguir clientes, minimizar as vulnerabilidades, atender clientes, acompanhar clientes, administrar orçamentos, promover a organização da categoria e realizar acções educativas no campo da sexualidade.

Para os interessados, fiquem a saber que, e, segundo o manual, uma prostituta, só alcança o pleno desempenho da sua atividade após dois anos de experiência.

Por isso meus amigos, se pensarem em recorrer à ajuda de uma profissional do sexo, a primeira pergunta qu…

O Teatro e a sua História...

Segundo a história, o teatro terá surgido na Grécia antiga em louvor ao Deus do vinho, Dionísio. A cada nova safra de uva, era realizada uma festa em agradecimento ao Deus. A partir daí, surgiram os festivais de teatro e com eles, a tragédia e a comédia.
Porém, já antes dos gregos, aconteciam manifestações teatrais na China antiga, os seguidores de Buda expressavam os seus sentimentos religiosos através do teatro.
Com a dominação do Império Romano, o teatro deixou de ser uma primazia grega para se espalhar pelo mundo. Mais tarde, já na Idade Média, um teatro mais histriónico, baseado em improvisações e com apresentações mambembes, levava alegria às vilas. A Commedia del'arte aparece com personagens bastante conhecidos dos nossos bailes carnavalescos, como a Colombina e o Arlequim. É nesta época também que tomamos conhecimento do grande dramaturgo inglês, Shakespeare.
As representações teatrais tinham lugar em recintos ao ar livre, construídos para o efeito. Os teatros gregos tinham t…